IDOSOS

0
10

Evandro Garla se preocupa com a saúde dos idosos

Um público vulnerável, uma das pessoas mais frágeis da sociedade. A caminhada, a respiração, a saúde não é mais a mesma. Essas pessoas precisam de um cuidado maior e algumas vezes elas não recebem a devida atenção; pelo contrário os idosos são vitimas de violência e maus tratos.

Dados da Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos mostram que as denúncias contra os idosos do DF pelo disque 100, aumentaram 152% entre 2011 e 2012. Os registros subiram de 311 para 722.

Conforme a Central Jurídica de Atendimento ao Idoso, nos dois últimos anos a violência psicológica foi o crime mais denunciado – 53% em 2011 e  48% em 2012. Negligência se manteve em segundo lugar, violência financeira em terceiro e física em quarto. Em geral, os familiares são os agressores.

Os números revelam que a sociedade está se conscientizando que o idoso não merece ser mau tratado, mas sim ser respeitado e valorizado.

Outro problema é a saúde pública do Brasil, quantos são os idosos que morrem esperando um atendimento? E sem falar naqueles que já estão internados em estado grave aguardando uma vaga na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Por isso, o deputado Evandro Garla preocupado com a saúde dos idosos é autor de um Projeto de Lei 855/12, que assegura ao idoso internado nos hospitais da rede pública e privado do Distrito Federal o direito à vaga em unidade em UTI. O PL está tramitando na CLDF.

O deputado Evandro Garla afirma que o não cumprimento da determinação acarretará uma multa. “Quem infringir a Lei sofrerá uma multa no valor de 10 salários mínimos, o objetivo é respaldar e dar mais agilidade do atendimento ao idoso”, ressaltou.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui