Malafaia vale mais que a bancada evangélica

E cadê a bancada evangélica do Congresso Nacional que não deu as caras no megaevento democrático de Bolsonaro na Paulista neste domingo (25)? A maioria desses parlamentares se elegeu na onda bolsonarista em 2022 e agora, muitos com cargos no governo comunista, resolveram não aparecer no ato de Jair Bolsonaro.

Muitos não serão reeleitos em 2026, assim como ocorreu com os traidores Joice Hasselmann e Alexandre Frota que amargaram fracasso nas urnas na busca pela reeleição nas eleições de 2022.

O fato é que, em Brasília, o comentário que circula nos bastidores da política é que que o pastor Silas Malafaia vale mais que toda a bancada evangélica do Congresso Nacional por sua postura, patriotismo e fé. Alguma dúvida?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui